Crimes virtuais: Seu e-mail está seguro contra eles?

O Brasil é, juntamente com a Índia, o terceiro país que mais perde com crimes virtuais, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos. Conforme o relatório divulgado pela Symantec em 2012, crimes digitais custam aos brasileiros 16 bilhões de reais. O estudo foi realizado com 13 mil internautas em 24 países. A Symantec afirma que o prejuízo total nesses países chega à soma de 220 bilhões de reais. A empresa calcula que 556 milhões de pessoas são prejudicadas por crimes virtuais a cada ano, sendo que 42% dos casos são por fraude e 17% por roubo de informações.

De onde vêm as ameaças

A Symantec alerta que as maiores falhas que possibilitam os crimes virtuais são de comportamento. Muitos cibernautas admitem usarem senhas que são simples e fáceis de adivinhar.

Outra chance para os criminosos cometerem seus delitos está na transmissão de e-mails. O envio de dados pessoais via e-mail é um método de comunicação muito perigoso já que os provedores como Gmail, Hotmail e Yahoo são fontes abertas para qualquer pessoa invadir. Portanto, criam oportunidades para a violação de dados.

Assine abaixo para receber nossos artigos gratuitos sobre privacidade e segurança on-line, além de outras informações.

Evite ser mais uma vítima dos crimes virtuais

Uma eficaz maneira de se defender contra os assaltos cibernéticos é criando senhas complexas, sem utilizar palavras existentes no dicionário, pois os hackers são persistentes em tentar adivinhar senhas elaboradas com palavras populares ou usadas no dia a dia. O ideal, por exemplo, é o uso de nomes de lugares exóticos que você já visitou ou nomes de rios e montanhas localizados em outros continentes. Para maior complexidade da senha use dígitos ou caracteres que dificultem ainda mais a possibilidade para descobri-las, tais como @ # ! &. Para evitar roubo de informação, mude o perfil do seu e-mail eliminando por completo o seu sobrenome ou usando somente as suas iniciais. Obviamente, você tem que comunicar essas mudanças aos familiares e amigos para que eles não o ignorem pensando que você também é um invasor.

Outros QUATRO cuidados básicos:

1) Não abra documentos anexados ou clique em links de e-mails recebidos de destinatários desconhecidos, pois podem conter malwares como vírus, spyware e trojam. Apague esses e-mails imediatamente;

2) Evite o uso de e-mails gratuitos como o Gmail, Yahoo ou Hotmail para sua comunicação importante e pessoal;

3) Crie um e-mail apenas para se cadastrar em sites e nunca envie informações sigilosas via e-mail ou mensagens instantâneas;

4) Instale antivírus no computador e faça atualizações semanais.

Visite a página privacidade e segurança on-line para saber mais como melhorar a privacidade do seu e-mail e como usar ferramentas on-line para bloquear e scanear invasores contra os ataques virtuais.

Caso você possua alguma situação específica que queira discutir ou perguntar a respeito de se proteger contra crimes virtuais, nós podemos te ajudar.  Clique aqui e entre em contato conosco.

Você gostou desse artigo? Assine para receber nossos artigos gratuitos no futuro e entrar no caminho da diversificação internacional hoje!

Privacidade é o nosso lema. Seu e-mail fica 100% seguro conosco.