Criptografia de arquivos confidenciais: Uma maneira eficaz para livrar-se de qualquer impenetrabilidade

Criptografia de arquivos confidenciaisA criptografia de arquivos é uma das maneiras mais eficientes de proteger seus dados digitais. Você é como a maioria das pessoas que deixa seus arquivos no computador sem criptografá-los e, provavelmente, sem protegê-los com uma senha? Na melhor das hipóteses, algumas pessoas “protegem” o arquivo onde armazenam todas as informações sigilosas como logins bancários, códigos de PIN, dados pessoais, senhas, entre outros, simplismente usando uma senha  de proteção nos documentos da Microsoft (Word e Excel for exemplo). Infelizmente essa última estratégia não é suficiente para livrar-se de todas as impenetrabilidades, já que vivemos na era de roubo digital onde crimes cibernéticos acontecem diariamente. Isso sem contar o roubo tradicional, quando você é forçado a entregar seu laptop para o ladrão. Você ainda acha que é um exagero a criptografia de arquivos? Talvez é hora de você começar a tratar sua propriedade digital como o resto de seus bens.

A criptografia de arquivos pode ser feita gratuitamente, mas antes, veja alguns pontos importantes!

Neste artigo, vamos discutir apenas os sistemas operacionais da Microsoft Windows. Se você é usuário da Macintosh ou Linux, provavelmente, já deve ter experência suficiente em criptografia de arquivos. Vamos nos concentrar na criptografia completa de sua inteira partição que guarda seus arquivos (presumivelmente “Meus Documentos”). Esta também é uma ótima opção para fazer cópia de segurança (backup) de seus documentos, mas vamos deixar esse assunto para outro dia. Não se preocupe com a complexidade do mundo da criptografia que ainda requer certo grau de experiência e habilidade em tecnologia da informação. Os conceitos e procedimentos de implementação tornaram-se muito mais simples nos últimos anos e com um pouco de paciência e esforço, seus dados serão protegidos de maneira impenetrável. Melhor ainda, não vai custar mais do que o seu tempo.

Há muitas maneiras de criar uma criptografia impenetrável para seus arquivos. Você pode criptografar arquivos individuais, o computador inteiro ou você pode criar pequenas áreas criptografadas chamadas de “containers”.  Você pode optar por usar um software oferecido pelo código aberto (open source), ou comprar um software comercial.

O seguinte guia é simplesmente uma das várias maneiras que você pode escolher para criptografar seus arquivos ou computador.  Nós esperamos que você mantenha seus documentos isolados em uma partição separada. Por exemplo,mantenha os seus documentos fora do drive C onde o seu sistema operacional reside.

Entre em contato com um profissional de Tecnologia da Informação se você precisar de ajuda para implementar a criptografia de arquivos.

Quais os benefícios oferecidos por esse guia?

  • Essa criptografia pode ser implementada em seu laptop ou no seu PC;
  • É um software gratuito distribuído pelo código aberto (open source);
  • O software que discutimos aqui usa conceitos sofisticados e algoritmos que são impenetráveis na grande maioria dos casos;
  • Comprovado e usado por muitos usuários, incluíndo a equipe de Sociedade Internacional.

Resumo de alguns dispositivos e instrumentos que você vai precisar para fazer a criptografia de arquivos ou do computador:

  • Uma partição separada com seus arquivos. Assumindo que o seu sistema operacional e programas residem na partição C (drive C), sua partição de arquivos vai ser D ou E, por exemplo.
  • Windows Vista, Windows 7 or 8. Infelizmente, a criptografia total da partição não pode ser feita no XP usando esse método.
  • Fazer o download do software TruCrypt no www.truecrypt.org em inglês ou o download em português pode ser feito no www.truecrypt.org/localizations
  • Coloque os arquivos baixados no lugar que você instalou o TruCrypt  (presumivelmente C:\Arquivos de Programas\TruCrypt) e mude o idioma em Configurações → Language
  • Um Pen drive ou NAS drive
  • Algumas horas do seu dia
  • Opcionalmente, você pode usar o processo de montagem com o software TruCrypt e usar o diálogo de senha. Discutiremos mais sobre essa opção abaixo.

Uma outra forma de proteger ainda mais os seus arquivos é adicionar o software AxCrypt. Especialmente se você está preocupado com roubo de informações; como por exemplo, alguém roubar seus arquivos enquanto você está usando o seu computador.

Entre em contato com um profissional de Tecnologia da Informação se você precisar de ajuda para implementar a criptografia de arquivos.

Siga os seguintes passos para implementar a criptografia de arquivos:

I. Faça uma cópia de segurança (backup) de seus arquivos!

VAMOS REPETIR ISSO: TENHA CERTEZA ABSOLUTA QUE VOCÊ POSSUI UMA CÓPIA DE SEGURANÇA (BACKUP) CONFIÁVEL DE SEUS DOCUMENTOS. Se você esquecer a senha ou tiver um incêndio na sua casa, por exemplo, você não vai ter nenhuma cópia desses documentos. Por isso é fundamental ter uma cópia (backup) desses documentos.

II. Faça a criptografia de arquivos da partição com o software da TruCrypt

  1. Iniciar TruCrypt  e ir para “Volumes → Criar Novo Volume”
  2. Selecione “Criptografar uma partição/unidade não-sistema”
  3. Selecione “Volume TrueCrypt padrão”
  4. Clique “Dispositivo” e selecione a partição que você quer criptografar (presumivelmente os drives D ou E). TruCrypt vai alertá-lo (em inglês) que se você for um usuário inexperiente, não é recomendável proceder. Mas não deixe esse alerta te assustar, clique YES.
  5. Selecione “Criptografar partição no local”. Não selecione a opção ”Criar volume encriptado e formatá-lo” pois as suas informações vão ser apagadas.
  6. Selecione o nível de criptografia de arquivos que você deseja obter. Para a maioria dos usuários, AES é suficiente, como também  RIPEMD-160 para Algorithmo de hash.
  7. Este passo é o mais crítico e pode parecer intimidante no início, mas lembre-se, você está prestes a criar uma proteção impenetrável de seus ativos digitais, seja paciente e diligente. Agora é hora de criar o que é chamado de autenticação de dois fatores. Você já está familiarizado com esse conceito quando acessa o seu on-line banking na Internet: normalmente, você precisa de sua senha e código do seu token fornecido pelo seu banco. Esse processo que vamos fazer agora é muito parecido com o do on-line banking.
  8. Escolha uma “senha” complexa, de preferência algo com pelo menos 20 caracteres. Além disso, você  também vai selecionar o arquivo chamado “Arquivos-chave”.  Este arquivo pode ser de imagens JPEG, arquivos MP3, ou algum documento que você salvou como um arquivo TXT. Certifique-se de manter este arquivo fora do seu computador, ou seja, em um Pen Drive por exemplo. Pense nesse arquivo como seu “token” de acessar seu on-line banking. Esta etapa irá aumentar dramaticamente o nível de proteção. Se você não usar a senha para o TruCrypt  e o “Arquivos-chave”, ao mesmo tempo, você não terá acesso a seus arquivos. Veja o que isso significa em termos práticos: Imagine que o seu laptop foi roubado. Mesmo se o ladrão de alguma forma, saiba sua senha, ele não terá acesso ao seu “Arquivos-chave”, desde que você mantenha o arquivo fora do seu computador. Não deixe o Pen Drive conectado no seu computador o tempo todo para evitar que o ladrão vá embora com uma parte crítica do seu sistema de criptografia de arquivos.
  9. Continue clicando  “Avançar”  até que você encontre “Modo de limpeza“. Você pode manter “Nenhum (Mais Rapido)” ou selecionar mais ciclos. Seja qual for a sua seleção, a sua informação atual não será perdida.
  10. Por fim, clique em “Criptografar” e aguarde até que a partição esteja criptografada. Dependendo das opções que você escolheu, isso pode levar muito tempo.

III. Montar a sua partição criptografada

Agora que a partição está totalmente criptografada e protegida com a autenticação de dois dispositivos, você está pronto para montar a partição. Se você tentar acessar seus arquivos agora, você terá o acesso negado pois tudo está criptografado e inacessível. Essa montagem terá que ser feita todas as vezes que você reiniciar seu computador (e não necessariamente todas as veze que você quiser acessar seus arquivos). Uma vez que o computador for iniciado, basta começar TruCrypt e ir para “Volumes → Montar Volume” e selecionar a partição criptografada que você quer montar (ou seja, fazer que ela fique acessível). Digite sua senha e não esqueça de incluir seu “Arquivo-chave” ao mesmo tempo. Agora sim, você terá acesso aos seus documentos.

IV. Passo opcional

Uma forma mais fácil de fazer o processo de montagem com o software TruCrypt é usar o diálogo de senha. Se você quiser apenas digitar a senha para montar a partição quando iniciar o computador, use este software anexando o “Arquivos-chave” automaticamente. Você terá que fazer algumas configurações, mas não é nada difícil. Você pode colocar um atalho do diálago da senha no menu de opções “Iniciar” do Windows e vai ser apresentado com o diálago da senha todas as vezes que iniciar seu computador. Clique no link abaixo para mais orientações (em inglês) www.sixdots.de/truecryptpassworddialog/en/

V. Outro passo opcional

Criptografia de arquivos  mais importantes com AxCrypt para aumentar a proteção de seus dados. Para redobrar a proteção dos seus arquivos com dados de alta-sensibilidade (como arquivos que contém suas senhas, logins, números PIN, etc) sugerimos uma camada extra de criptografia. Recomendamos o uso de AxCrypt, já que é gratuito e fácil de usar. Basta instalar o software e clicar do lado direito do mouse sobre o arquivo que você deseja criptografar. Selecione Axcrypt → Criptografar. Você pode utilizar a mesma autenticação novamente com os dois fatores (“Arquivos-chave”, como descrito acima) para a máxima proteção.

Pense nisso – se você usou uma senha para TruCrypt e outra para o “Arquivo-chave” armazenado no seu Pen Drive e outra senha para AxCrypt, nenhum ladrão terá a chance de ver as suas informações mais sensíveis.

Parabéns! Agora você tem seus arquivos protegidos à prova de balas. Obviamente, uma camada adicional de complexidade aumenta a possibilidade de complicações (esquecer a senha por exemplo). Por isso, certifique-se de fazer backup de seus documentos regularmente, de preferência todas as noites.

Visite a página privacidade na internet para saber mais como proteger-se dos crimes digitais e como usar ferramentas on-line para bloquear e escanear invasores cibernéticos.

Se você tiver alguma situação específica que queira discutir ou perguntar sobre como se proteger contra crimes cibernéticos, nós podemos te ajudar.  Clique aqui e entre em contato conosco