Conheça as vantagens de formar uma empresa em Cingapura

Empresa em Cingapura

Cingapura é um dos principais centros comerciais do mundo, o quarto maior centro financeiro e um dos cinco portos mais movimentados do planeta. Sua economia globalizada e diversificada com uma política estável traz uma ótima reputação no setor financeiro. Pouco mais de cinco milhões de pessoas vivem em Cingapura, dos quais cerca de dois milhões são estrangeiros. Apesar de Cingapura ter ampla diversidade cultural, os asiáticos predominam. Há quatro línguas oficiais – inglês, malaio, mandarim e etâmil. O país é conhecido por promover o multiculturalismo através de uma série de políticas oficiais. Por ser uma nação multicultural, Cingapura está aberta aos negócios estrangeiros e não está sujeita aos regulamentos da União Européia ou dos Estados Unidos. Cingapura tem o melhor do oriente e do ocidente: a eficiência e dedicação da cultura asiática e o dinamismo da cultura ocidental. Por isso, muitos empresários estrangeiros escolhem essa minúscula nação como sede para seus negócios. Veja a seguir as principais vantagens em formar uma empresa em Cingapura.

Vantagens de abrir uma empresa de responsabilidade limitada em Cingapura:

  1. Pessoa Jurídica Distinta:. Uma sociedade anônima tem personalidade jurídica própria, distinta de seus acionistas e seus diretores. Pode adquirir bens, se endividar, celebrar contratos, processar ou ser processado em seu próprio nome.
  2. Responsabilidade Limitada: A responsabilidade dos membros de contribuir para as dívidas da empresa está limitada ao montante que cada um deles concordaram em contribuir com o capital para a empresa.
  3. Sucessão perpétua: Existência da empresa não depende da adesão continuada de qualquer um dos seus membros. A facilidade de transferência de ações ou mutações do patrimônio líquido da empresa garante que ela continue a existir, mesmo em caso de morte, renúncia ou insolvência de acionistas ou diretores.
  4. Credibilidade: Uma empresa em Cinpagura é sinal de credilidade e os investidores estarão mais dispostos a fazer negócios com essa empresa, uma vez que isso demonstra uma visão para crescer e expandir. Uma empresa em Cingapura é levada a sério pelos seus potenciais clientes, fornecedores, banqueiros e outros profissionais que você estará lidando. Até porque, as leis de Cingapura são muito rígidias e por isso mesmo os clientes, fornecedores e parceiros se sentem mais confortáveis de fazer negócios com uma empresa sediada nesse país.
  5. Fácil transferência de propriedade: A propriedade de uma empresa pode ser transferida, total ou parcialmente, sem interromper as operações ou a necessidade de documentação legal complexa. Isto pode ser feito através da venda total ou parte do total das suas ações ou por meio da emissão de novas ações para os investidores adicionais.
  6. Benefícios e Incentivos Fiscais: Uma empresa de responsabilidade limitada em Cingapura é uma entidade fiscal muito eficiente. A atual taxa de imposto corporativo sobre as empresas de Cingapura com lucros até SGD 300.000,00 fica abaixo dos 9%, sendo a sua percentagem máxima de 17% para lucros superiores a SGD 300.000,00. Além do mais, não há imposto sobre ganhos de capital. Cingapura segue uma política fiscal de um único segmento, o que significa que, uma vez o rendimento tributado ao nível corporativo, os dividendos podem ser distribuídos aos acionistas isentos de impostos.

Fatos importantes sobre a formação de empresa em Cingapura

  • Diretores: Pelo menos um diretor deve ser residente (um residente se define como um cidadão de Cingapura, uma pessoa com residência permanente em Cingapura ou uma pessoa a quem tenha sido emitido um visto de empresário, um visto de emprego ou um visto para dependentes e/ou cônjuges). Não há limite para o número de diretores locais ou estrangeiros adicionais que uma empresa de Cingapura pode nomear. Os diretores devem ser maiores de 18 anos de idade e não devem ter qualquer registro de falência ou negligência no passado. Não há nenhuma exigência para que os diretores também sejam acionistas, ou seja, pessoas que não sejam acionistas da empresa podem ser nomeadas diretores.
  • Acionistas: Uma empresa de responsabilidade limitada de Cingapura pode ter um mínimo de 1 (um) e um máximo de 50 (cinquenta) acionistas. Um diretor e acionista pode ser a mesma ou uma pessoa diferente. O acionista pode ser uma pessoa ou outra entidade jurídica, como seja outra empresa ou um Trust. As ações podem ser de participação 100% nacional ou estrangeira. Novas ações podem ser emitidas ou ações já existentes podem ser transferidas para outra pessoa a qualquer hora, depois de a empresa de Cingapura ter sido formada.
  • Secretariado da empresa: De acordo com a Seção 171 da Lei das Sociedades de Cingapura, toda a empresa deve nomear um secretário qualificado para a empresa, no prazo de 6 meses após a sua formação. Note-se que, no caso de um único diretor/ acionista, essa mesma pessoa não pode atuar como o secretário da empresa. O secretário da empresa deve ser uma pessoa singular, normalmente residente em Cingapura.
  • Capital Social: O Capital Social mínimo para o registro de uma empresa em Cingapura é de SGD 1,00. O Capital Social pode ser aumentado a qualquer momento após a incorporação da empresa. Não existe o conceito de Capital Autorizado para empresas de Cingapura.
  • Endereço Registrado: Para registrar uma empresa em Cingapura, é necessário fornecer um endereço de Cingapura, que constará como o local para o endereço registrado da empresa. O endereço registrado deve ser um endereço físico (pode ser tanto um endereço residencial como um comercial).
  • Tributação: Empresas registradas em Cingapura são beneficiadas de isenções e incentivos fiscais muito atraentes. Sua empresa paga de imposto menos de 9% para os primeiros lucros anuais até SGD 300.000,00 e apenas 17% depois disso. Não há qualquer imposto sobre mais-valias ou dividendos. Os excelentes benefícios fiscais e a reputação empresarial de Cingapura são as principais razões pelas quais os empresários de todo o mundo preferem formar uma empresa em Cingapura.

Abertura de uma Conta Bancária Corporativa

Após o registro bem-sucedido de sua empresa em Cingapura, você pode abrir uma conta bancária corporativa em qualquer um dos principais bancos em Cingapura. Todos os bancos em Cingapura exigem a presença física dos acionistas da empresa, como parte do procedimento de abertura de conta.

GARANTIAS DE ABERTURA DA CONTA

  • A abertura da conta bancária fica a critério exclusivo do banco.
  • SOCIEDADE INTERNACIONAL não assume a responsabilidade na decisão tomada pelo banco. O banco pode alterar o procedimento de abertura de conta, termos e requisitos a qualquer momento
  • Se o cliente recusar fornecer a documentação e/ou informação exigida pelo banco e/ou fornecer informações falsas ou incorretas ao representante do banco e / ou de SOCIEDADE INTERNACIONAL, a taxa referente a consultoria de abertura da conta não será reembolsada nem transferida para pagamento de outros serviços prestados por SOCIEDADE INTERNACIONAL.
  • O valor pago pelo processo de abertura de uma conta através da SOCIEDADE INTERNACIONAL não é reembolsável, porém em caso de rejeição da conta bancária por qualquer outro motivo, exceto o do citado no ponto anterior, a taxa referente a consultoria de abertura da conta bancária será creditada no pagamento de uma abertura de conta alternativa ou outros serviços prestados por SOCIEDADE INTERNACIONAL
  • As taxas de consultoria de SOCIEDADE INTERNACIONAL relativas à abertura da conta bancária não incluem taxas exigidas pelos bancos e / ou depósito exigido pelos bancos.

Requerendo uma Licença Comercial

Dependendo da atividade de negócio de sua empresa, pode ser necessário obter uma ou mais licenças comerciais depois de você ter formado a sua empresa, isso precisa ser feito antes de você a sua atividade comercial. Felizmente, poucas atividades de negócio exigem tal licença. Exemplos de atividades de negócios que exigem uma licença/s comercial/is incluem restaurantes, instituições de ensino, agências de viagens, serviços financeiros, importação/ exportação de mercadorias, etc.

Registro do Imposto sobre Bens e Serviços (GST)

Se a receita anual prevista de sua empresa ultrapassa o SGD 1 milhão, a sua empresa deve registrar para o GST. O imposto GST também é conhecido como Imposto sobre Valor Agregado (IVA) ou Imposto sobre Vendas, em muitos outros países. Se sua empresa tem o GST registrado, você terá que cobrar esse imposto (atualmente 7%) aos seus clientes nos produtos vendidos e serviços prestados e, por sua vez, pagar este montante às autoridades fiscais. O registro do GST não é obrigatório se o faturamento anual da empresa não ultrapassar o valor de SGD 1 milhão.

Documentos necessários e procedimentos de formação de uma empresa em Cingapura:

Para concluir a incorporação de uma empresa em Cingapura, cada membro e gestor deve fornecer cópias autenticadas dos seguintes documentos:

  • Passaporte Vigente;
  • Conta de luz recente (vencida há, no máximo, 3 meses)

Prazo para a formação da sua empresa em Cingapura

A sua empresa em Cingapura pode ser criada em 10 dias úteis, uma vez que os documentos e formulários forem preenchidos e processados.

Quais os custos envolvidos na formação de uma empresa em Cingapura?

Clique no link a seguir para ver os custos envolvidos para a incorporação da sua empresa em Cingapura:

Veja os preços para a formação da sua empresa aqui

Aviso legal
A partir de maio de 2016, conforme noticiado no sítio da Receita Federal Brasileira, em 29/04/2016, uma instrução normativa passou a exigir a identificação do beneficiário final das empresas nacionais e estrangeiras que vierem de alguma forma operar no Brasil. Ressaltamos que na data de publicação desse  artigo não integrava as exigências do fisco a necessidade de identificar os beneficiários finais. Como salientado ininterruptamente nos materiais produzidos por Sociedade Internacional, as estruturas jurídicas no exterior que são formadas corretamente e declaradas junto à Receita Federal não abrem lacunas para ilegalidades perante à legislação brasileira. Enfatizamos que o anonimato do sócio e diretor da empresa permanece como um direito garantido em lei e costuma ser utilizado principalmente para a proteção das pretensões pecuniárias.