Panamá: Paraíso fiscal para empresas estrangeiras

Panamá – Paraíso fiscal para estruturas corporativas. O país vem se consolidando como uma jurisdição popular para as empresas estrangeiras, por causa do seu vantajoso sistema tributário. Lá uma empresa pode ser criada quase que instantaneamente, e é possível comprar uma corporação pré-estabelecida tendo apenas uma conta bancária. Em muitos outros países o processo de registo pode demorar várias semanas. Três são os principais fatores:

  1. O Panamá não tributa imposto de renda de origem estrangeira se a empresa for registrada no país, mas não realiza negócios dentro do Panamá;
  2. Outro componente de sucesso do Panamá é a sua facilidade para lidar com estrangeiros. O governo abre caminhos para as pessoas físicas e jurídicas que investem e também querem viver no país;
  3. Por último, uma das principais chaves para o sucesso do Panamá é a sua dedicação para os negócios estrangeiros.

Menos burocracia, menos incomodação

O procedimento para abrir uma estrutura jurídica no Panamá é normalmente rápido, simples e pouco burocrático, especialmente quando comparado com a enorme burocracia brasileira que os investidores estrangeiros (e brasileiros) têm que enfrentar! A grande vantagem de abrir uma empresa no Panamá é a isenção de impostos – no caso de a empresa ser registrada naquele país e não possuir nenhuma fonte de renda lá. Ou seja, o seu negócio on-line pode ser registrado no Panamá e você ter a sua fonte de renda no Brasil, sendo assim, não tem que prestar contas com a receita Panamenha. Visite a página empresas offshore, para saber mais sobre como abrir uma estrutura jurídica offshore, incluíndo no Panamá.

Localização Estratégica

A localização do país é excelente para estruturar um negócio, já que o Panamá está localizado em um ponto estratégico entre a América do Norte e do Sul. Portanto, abocanhando todos os mercados. Por exemplo, muitas empresas estrangeiras estão lucrando com o projeto de expansão do Canal do Panamá, bem como vários projetos de infraestrutura de rodovias. Os custos trabalhistas são incrivelmente baixos e, como em Cingapura, há residência através de programas de investimento, os quais são grandes incentivos para os empresários.

Vantagens do sistema bancário do Panamá

O Panamá ainda tem o sigilo bancário e, provavelmente, juntamente com Hong Kong, será um dos últimos redutos que os famintos da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) venham caçar. Mas essa não é a razão principal para você considerar abrir uma conta bancária no Panamá. O sistema bancário do Panamá é muito forte e oferece uma variedade de produtos e serviços únicos como, por exemplo, transferências bancárias on-line para qualquer lugar do mundo, cartões de débito / crédito e atenção pessoal realizada por um gerente de contas privado. Além disso, é possível obter um empréstimo no Panamá, o que seria quase impossível em muitas outras jurisdições.

Pode perguntar a qualquer empresário estrangeiro sobre fazer negócios no Brasil, a resposta certamente envolverá a gigante burocracia em relação à abertura de uma conta bancária e, mais ainda, quando o assunto é empréstimo bancário.

O mais importante de tudo é que os bancos Panamenhos estão bem capitalizados, eles se esquivaram do colapso que fez estragos e destruiu o sistema bancário dos Estados Unidos e Europa.Os balancetes dos bancos panamenhos continuam sólidos e fortes. Se você tiver interesse em abrir uma conta bacária no exterior, acesse a página conta bancária offshore e saiba mais sobre o assunto.

Panamá – Paraíso fiscal para estruturas corporativas

Se você tem ou pensa em montar um negócio on-line, abrir a sua estrutura jurídica no Panamá (uma vez que a mesma não tenha fontes de renda no território panamenho) é uma excelente forma de tirar proveito, legalmente, das vantagens tributárias oferecidas pelo país.

Sem contar que no Panamá a abertura de uma empresa é a transação mais fácil e simples que você pode desejar. Já imaginou não ter que preencher 35 formulários, pagar taxas caríssimas, enfrentar fila, ser mal informado por funcionários públicos e esperar meses para poder ter seu negócio aprovado e aberto no Brasil?

Além da dor de cabeça, toda essa burocracia pode te custar muito quando comparado aos benefícios do Panamá (onde o custo é irrisório). Considere isso antes de abrir a sua estrutura jurídica no Brasil.

Nós podemos te ajudar caso tenha interesse em abrir uma estrutura jurídica e/ou conta bancária no Panamá.

Aviso legal
A partir de maio de 2016, conforme noticiado no sítio da Receita Federal Brasileira, em 29/04/2016, uma instrução normativa passou a exigir a identificação do beneficiário final das empresas nacionais e estrangeiras que vierem de alguma forma operar no Brasil. Ressaltamos que na data de publicação desse  artigo não integrava as exigências do fisco a necessidade de identificar os beneficiários finais. Como salientado ininterruptamente nos materiais produzidos por Sociedade Internacional, as estruturas jurídicas no exterior que são formadas corretamente e declaradas junto à Receita Federal não abrem lacunas para ilegalidades perante à legislação brasileira. Enfatizamos que o anonimato do sócio e diretor da empresa permanece como um direito garantido em lei e costuma ser utilizado principalmente para a proteção das pretensões pecuniárias.