Programa de investimentos em São Cristovão e Nevis Oferece Cidadania

Programa de investimentos em Sao Cristovao e Nevis Oferece CidadaniaO programa de investimentos em São Cristovão e Nevis foi criado em 1984 e é a mais antiga e respeitada iniciativa de cidadania por investimento no mundo. Hoje em dia, há vários países que oferecem esse produto em consequência de um modelo criado pela Federação de São Cristovão e Nevis. Desde a sua concepção, o governo tem mantido altos padrões e evitou escândalos, que extiguiram outros programas de cidadanias em outros países. Aqueles que querem obter uma residência permanente no exterior veem os programas de cidadania por investimentos em São Cristovão e Nevis como uma alternativa e, muito mais que isso, a oportunidade de diversificar seu capital fora do Brasil.

Diversificar o patrimônio é fazer uso das mais variadas formas de investimentos, ou seja, distribuir seu patrimônio em várias áreas – mercado financeiro, imobiliário, metais preciosos e, principalmente, investimentos no exterior.

Ao investir no exterior você garante que parte do seu investimento faça parte de uma jurisdição diferente da que você detém maior parte do seu patrimônio, evitando incômodos futuros derivados de crises políticas e econômicas. Ou seja, diversificar no exterior é a forma mais segura de evitar que um único governo tenha domínio total sobre você e sua família.

Para saber mais sobre a Federação São Cristovão e Nevis, visite a página Nevis.

Veja porque é uma boa escolha:    

  • Não há impostos de renda ou sobre herança;
  • A federação não impõe requisitos de residência;
  • O sistema jurídico de Nevis é baseado na lei do direito comum Inglês, o qual traz uma série de vantagens para os empresários e investidores envolvidos em atividades de negócios internacionais;
  • Ter a opção de escolher qual passaporte usar durante uma viagem internacional, de acordo com as circunstâncias. Ter o passaporte da Federação de São Cristovão e Nevis significa isenção de visto para mais de 80 países;
  • Não há nenhuma exigência para visitar a Federação a fim de se qualificar para a cidadania (porém, todos os candidatos estão sujeitos a uma verificação rigorosa de antecedentes criminais);
  • Rota escapatória em caso de crise econômica ou civil no país;
  • Opção de escapar do controle absoluto de um único governo;
  • Fácil acesso a oportunidades financeiras no exterior.

Visite a página Dupla Cidadania para saber mais vantagens sobre a obtenção de uma segunda cidadania.

Como o programa de investimentos funciona?

A concessão da cidadania fica a critério do governo da Federação de São Cristovão e Nevis, e não há nenhuma garantia de que o candidato será aprovado. Também é importante saber que há uma taxa de USD 7,5 mil para fazer a diligência prévia para o investidor principal, e de USD 4 mil para o cônjuge e cada filho maior de 16 anos, a qual deve ser paga antes do pedido ser processado. O investidor estrangeiro tem duas opções de programa para escolher:

1.    SIDF

Fazer uma contribuição à SIDF (Sugar Industry Diversification Foundation) – Fundação de Diversificação da Indústria de Açúcar. A SIDF é uma instituição de caridade criada para apoiar os trabalhadores da indústria açucareira que foram deslocados. O Fundo pesquisa e financia  o desenvolvimento de outras indústrias para substituir a indústria do açúcar. Para se qualificar, o investidor se compromete a fazer uma doação de caridade não-reembolsável à SIDF no valor de:

  • USD 250 mil para uma única pessoa;
  • USD 300 mil para uma família de quatro pessoas;
  • USD 350 mil para uma família de cinco pessoas;
  • USD 450 mil para seis ou mais pessoas.

Antes de transferir os fundos de contribuição, os pedidos são enviados com taxas de diligência prévia (como citado acima). Após a conclusão do processo, instruções serão fornecidas para a transferência de fundos em conta vinculada, e a cidadania é concedida. O processo completo leva normalmente de 3 a 6 meses.

Muitas pessoas preferem a opção da SIDF, pois não há um compromisso de longo prazo com a Federação ou então dores de cabeça associadas com imóveis de férias (veja a segunda opção a seguir).

Porém, vale a pena lembrar que a escolha da SIDF é uma opção não-reembolsável, enquanto a compra de um imóvel aprovado pelo o programa de cidadania por investimentos pode fornecer, pelo menos, um retorno parcial do investimento, com poucas restrições.

2. Aquisição de Imóveis

A Federação espera que o turismo seja um pilar na economia do país. Em uma iniciativa para aumentar o turismo, desenvolvimento, infraestrutura e serviços, o programa de cidadania impõe a aquisição de imóveis relacionados a projetos turísticos.

Para se qualificar para essa opção, o investidor precisa ter um contrato de compra de imóveis (somente imóveis e projetos definidos pelo o Programa de Cidadania), com um valor mínimo de USD 400 mil, que pode ser tanto para a ilha de São Cristovão quanto para a de Nevis.

Uma vez que o contrato de compra foi assinado e o empreendedor do projeto recebeu o depósito inicial (geralmente entre 10 e 20%), o investidor pode aplicar para a cidadania.

Para efeitos do programa de cidadania, os investimentos imobiliários devem estar em construção ou concluídos. Os imóveis estipulados são casas ou condomínios. As compras de terreno não se qualificam.

Caso você escolha a opção de aquisição de imóveis, há mais taxas de processamento. O investidor principal tem que pagar mais USD 50 mil e USD 25 mil para o cônjuge e cada dependente menor de 18 anos. Se houver dependendes acima de 18 anos, eles vão pagar USD 50 mil cada.

Uma vez que a cidadania for aprovada, a transação imobiliária será então concluída. A única restrição é que, após a compra, o imóvel não poderá ser vendido nos próximos cinco anos. Se o imóvel for vendido dentro do período de restrição de cinco anos, a cidadania pode ser revogada. Após o período de restrição, o imóvel pode ser vendido sem comprometer a cidadania do investidor.

Empreendimentos imobiliários em São Cristóvão e Nevis são voltados ao programa de cidadania por investimentos, e tentam minimizar qualquer tipo de problemas. As imobiliárias administram o imóvel e alugam para temporadas de férias garantindo ao investidor um retorno anual fixo de 4% sobre o investimento do preço de compra.

Detalhes do Programa de Cidadania

O governo da Federação de São Cristovão e Nevis é quem define a concessão da cidadania, portanto não há nenhuma garantia de que o pedido será concedido.

O programa de investimento em São Cristovão e Nevis só pode ser realizado através de agentes autorizados pelo o governo. Sociedade Internacional, no entanto, tem representantes autorizados em Nevis e podemos te encaminhar a uma assessoria jurídica localizada naquele país, que cuidadosamente fará uma análise de investigação e pré-seleção dos candidatos antes de submeter um pedido de cidadania. Por isso, raramente eles são recusados.

Os pedidos são processados por uma equipe de advogados e prestadores de serviços financeiros conectados. As tarifas cobradas por esses profissionais podem variar conforme a complexidade da aplicação, mas são tipicamente entre USD 20 mil a USD 35 mil.

Caso queira prosseguir com o programa de cidadania por investimentos em São Cristovão e Nevis, podemos te encaminhar para os agentes autorizados. Entre em contato conosco aqui.

Obter uma segunda residência ou cidadania é a opção mais eficaz para diminuir o risco político, evitando que um único governo tenha domínio pleno sobre você e sua família.

Você gostou desse artigo? Assine para receber nossos artigos gratuitos no futuro e entrar no caminho da diversificação internacional hoje!

Privacidade é o nosso lema. Seu e-mail fica 100% seguro conosco.