PORQUÊ muitos estrangeiros estão escolhendo viver no PANAMÁ

Viver no PANAMÁ

Quem vislumbra obter uma residência no exterior e também diversificar o capital fora do Brasil, a alternativa que tem se mostrado mais viável é a obtenção de residência permanente no Panamá. Em meio às turbulências políticas e econômicas que o Brasil tem vivido, essa é uma estratégia para se manter seguro, afinal parte dos seus bens está investido no exterior.  A opção de viver no Panamá se deve ao fato de que poucos lugares no mundo oferecem vantagens tão atraentes!

13 vantagens de obter Residência Permanente no Panamá

1. Ótima localização – Em um ponto estratégico entre a América do Norte e do Sul está localizado o Panamá, o que facilita para estar presente em todos os mercados. Várias partes da América Latina dispõem de voos diretos para o Panamá e existem voos diretos para mais de 80 destinos internacionais

2. Infraestrutura completa – o empresário estrangeiro pode desfrutar de infraestrutura apropriada para fazer negócios, reuniões e encontrar clientes internacionais.

3. Integrante da ALCA – O Panamá é membro da Área de Livre Comércio das Américas (ALCA), isso o faz um país ideal para estar no mercado americano.

4. Governo estimula os negócios – entre as medidas divulgadas pelo governo está o plano de implementação de um sistema de Wi-Fi gratuito em toda a ilha, visando reduzir o custo das comunicações internacionais e facilitar aos expatriados e turistas a comunicação com seus países de origem.

5. Facilidade de comunicação – No Panamá o idioma não é um problema. Grande parte dos empresários, advogados e empreendedores panamenhos falam espanhol, que é a língua oficial do país, e também falam inglês.

6. Sem dupla tributação – O Panamá possui acordos de dupla tributação com países como Cingapura, Irlanda, Barbados, Bélgica, França, México, Itália, Coréia e Luxemburgo.7. O Dólar Americano é utilizado no Panamá desde 1904. No país não existe banco central.

7. Leis migratórias – As leis migratórias do Panamá são flexíveis. Inclusive, ele está na lista dos melhores países para se aposentar.

8. Juros bancários – Bem diferente do que ocorre no Brasil, não existem impostos por juros bancários.

9. Imposto predial – De acordo com o custo da propriedade, o Panamá oferece a extinção do imposto predial por 5,10 e 15 anos.

10. Agilidade – As companhias podem ser registradas num prazo máximo de cinco dias, possibilitando que sejam feitos negócios locais e internacionais rapidamente.

11. Diversidade de moedas – Existem 51 bancos locais que oferecem contas em Dólares Americanos, Dólares Canadenses e Euros. Outro atrativo são as hipotecas a 4.5% fixos por 30 anos.

12. Imposto de renda – O valor do imposto de renda é de 25% sobre o ingresso gerado no Panamá. No entanto, o ingresso e lucros gerados fora do Panamá não incidem impostos.

3. Boa reputação – Fitch Ratings, S&P e Moody’s qualificam o Panamá como um país de investimentos.

Além de todas essas vantagens, é importante lembrar que a residência permanente em outro país é eficaz para evitar que algum governo possua poder exclusivo sobre seus bens e sua vida, como ocorre com grande parte das pessoas.

Se você tem dúvidas sobre alguma situação específica a respeito da residência permanente no Panamá, ou também em outro país, Sociedade Internacional pode te ajudar. Aproveite e faça uma consulta inicial gratuita. Entre em contato conosco aqui.

Entre em contato conosco aqui para uma consulta gratuita via Skype, WhatsApp, telefone ou via e-mail, com duração de 30 minutos.

Você gostou desse artigo? Assine para receber nossos artigos gratuitos no futuro e entrar no caminho da diversificação internacional hoje!

Privacidade é o nosso lema. Seu e-mail fica 100% seguro conosco.